Melz Assessoria de imprensa

[01/08/2011] Plante, colha e decore
01/08/2011

Plantar e colher o próprio alimento é um hábito cultivado há muito tempo. A vida moderna e o fato das pessoas morarem cada vez mais em apartamentos fez com que esse costume fosse deixado de lado. Mas para quem aprecia o contato com a terra, pode ficar contente, porque o que poderia estar restrito apenas a quem mora em casas amplas ou na zona rural também está acessível a apartamentos ou pequenos espaços. As hortas em casa são ótimas opções para quem deseja mais saúde na hora das refeições, além de um charme a mais na decoração. A Ana Glória Nunes, engenheira florestal e gerente da Casa di Fiore, aponta que o importante apenas é observar três aspectos essenciais para que o cultivo dê certo: boa iluminação, água e adubação adequada.

Para ter a própria horta não é preciso um grande investimento ou técnicas específicas, bastam alguns cuidados simples para mantê-la cheia de vida. Ela explica que os vasos devem ter no mínimo 20 cm de profundidade, mas caso seja possível instalar vasos maiores, melhor para as plantas. A profissional diz que aos olhos de quem nunca cuidou de plantas, regar parece uma tarefa óbvia, mas na prática não é bem assim. “Uma rega correta possibilita que a planta mostre o seu máximo potencial em beleza e produção”, ensina. Ela sugere as regas no período da manhã, mas relembra que é importante também molhar no final da tarde durante o verão ou em locais de clima muito quente. Ela ensina que para não errar, o ideal é molhar de acordo com a hortaliça cultivada. Em geral, de maneira regular, mas sem deixar o solo encharcado demais.

A adubação é importante para conservar a planta. A primeira deve ser feita durante o plantio. A partir disso, ela comenta que é necessário as chamadas adubações de cobertura, que são aquelas realizadas após o plantio. Geralmente as épocas e doses corretas já vem especificadas na embalagem do adubo, o que facilita para quem está começando a arte do plantio. “A vantagem de plantar dentro de casa é saber exatamente o que tem ali, consumir um alimento livre de agrotóxicos e ainda desenvolver uma relação direta com a terra”, afirma.

Mais do que apenas proporcionar alimentos saudáveis e contato com a natureza, a horta em casa pode ainda ganhar função decorativa. “As hortas verticais, por exemplo, além de otimizar o espaço, dão um ar de frescor ao ambiente. Para dar um ar campestre a dica da profissional é utilizar treliças de madeira, ferro ou outro material que combine com a decoração.