Melz Assessoria de imprensa

[06/04/2011] Jardim: mocinho ou vilão?
06/04/2011

Com os casos de dengue aumentando cada vez mais, o outono e as chuvas que vêm com ele também aumentam o medo das pessoas. Quem precisa prestar uma atenção especial à doença, porém, são os donos de plantas e jardins. A sócia da Casa di Fiore, Andréia Possamai, fala sobre cuidados que não podem ser esquecidos, principalmente nas estações mais chuvosas.

Como todo cuidado é pouco, Andréia comenta: “Quando se é dono de um jardim, não basta dar apenas uma olhada há cada tantos dias para ver se acumulou água. Mesmo uma garoa pode deixar pequenas poças ou encher os pratos de vasos”. Como os mosquitos se proliferam rapidamente, é necessário atenção todos os dias que houver chuva. “As pessoas também devem lembrar de verificar se, ao molhar as plantas com regador ou mangueira, caso seja um jardim muito grande, não acumulou água em sulcos na terra. Dependendo da qualidade do solo, a água pode demorar a baixar e, com a chuva, pode ficar dias até secar completamente”, explica a sócia.

Outra ação importante é colocar areia nos pratos dos vasos. Andréia explica que essa ação evita o acúmulo de água e não prejudica, de forma nenhuma, que as plantas recebam a água.

São dicas básicas, mas que muitas vezes passam despercebidas. É preciso lembrar que água pode acumular em quase qualquer lugar e não apenas em pneus ou caixas abandonadas, comenta Andréia. Ela também diz que os pais podem passar repelente nas crianças, se elas costumam brincar no jardim  da casa. “É um cuidado extra que pode fazer toda a diferença”, finaliza.

——————–
Veja esta notícia também em: