[21/02/2013] Preto nada básico

Crédito: Errol Sasse

No mundo da moda a cor preta é básica, mas na hora de pintar uma parede, muitos descartam a cor como opção. Entre as razões, surgem as mais variadas explicações, como dizer que escurece e diminui o ambiente, que desbota com facilidade, que deixa o local mais quente ou que quando enjoar é difícil demais de clarear novamente. De acordo com o arquiteto Osvaldo Segundo, nada disso é verdade. Clássicas, casuais ou contemporâneas, uma decoração preta é atemporal, elegante e uma base perfeita para acolher outras cores.

Quando se pensa em preto para a decoração, a ideia é o efeito de ausência de forma e anulação dos ângulos. Nos fundos dos palcos de teatro, 90% dos cenários costumam utilizar a tonalidade para que os artistas e as vestimentas se sobressaiam. Em casa a intenção é basicamente a mesma.

Para Segundo, o ideal é antes de começar a decorar, analisar o espaço e decidir qual o estilo que deseja conferir ao ambiente. Contemporâneo, casual com uma mistura descontraída de peças e padrões ou clássico e elegante com detalhes requintados. ”Saber exatamente o efeito que se busca é o primeiro passo para não errar no resultado final”, adverte.

Na sala a tonalidade é uma ótima alternativa para dar mais destaque ao home theater, que pede clima intimista e conforto visual. “Tudo é pensado para que o foco seja para a TV, já que é lá que rola a vibração e a emoção”, explica. A base neutra da parede, além de tudo, valoriza os móveis e objetos de decoração.

Mas para quem pensa que a parede preta se restringe à sala, está muito enganado. Segundo enfatiza que é possível usar essa alternativa de decoração para diversos cômodos. “Com tinta preta esmalte fosca é possível transformar a parede do quarto de uma criança em uma lousa, criando um ambiente diferente e divertido”, opina. Além disso, ele ainda comenta que a vantagem é que combina com qualquer cor e aceita a maioria dos acabamentos de móveis e revestimentos de pisos. “Já fizemos uma parede preta em um lavabo e o resultado foi exatamente o que o cliente queria: aconchego e sofisticação”, relembra.

O teto preto é outra dica que pode ficar muito bem em espaços reduzidos e, inclusive, dar uma sensação de amplitude ao local. “O preto é uma cor que evoca mistério e dramatismo e que, na decoração, permite também sensação de conforto”, destaca.

Crédito: Fabio Jr – Obvio 3D