Assessoria de imprensa: questões para levar em conta no último trimestre do ano

O feriado da Independência mal terminou e basta uma olhadinha nas vitrines do comércio para ver que enfeites de Natal já começam a surgir. Um anúncio de que o fim do ano está aí e que ainda tem um milhão de ações para colocar em prática antes de 2018.

O último trimestre também exige uma atenção especial quando o assunto é planejamento estratégico relacionado a assessoria de imprensa. A gente separou algumas questões que você deve observar para melhorar os resultados no período e não deixar tudo para a última hora.

Para negócios B2C
Se a sua empresa atua diretamente com o consumidor final, este pode ser o período mais agitado no negócio. Os feriados, o Natal e as férias de fim de ano são um chamariz e muitas vezes a equipe foca as estratégias apenas na área comercial ou de frente de caixa para garantir um saldo positivo. Na assessoria de imprensa, você também tem uma aliada, que pode auxiliar com pautas e divulgações relacionadas as suas ações no período.

Alinhe com a sua assessoria:

– Veículos com pautas factuais, como jornais, rádios e TVs que atinjam seu público-alvo. Em 2016, nosso clientes ligados ao comércio e turismo local falaram sobre opções para os turistas curtirem as férias na região.

– Informações de negócios, como expectativa de vendas para o período, número de aumento de visitantes, novidades para conquistar o consumidor são informações que podem gerar boas pautas.

– Pautas setoriais em que a sua empresa se encaixa como case e quais os dados relacionados a esse tipo de matéria você poderá divulgar. Por exemplo: o seu segmento espera determinado percentual de crescimento no período. No seu negócio, a expectativa é maior. Você pode ser o case ideal para falar sobre estratégias diferenciadas para atrair o consumidor.

Para negócios B2B

Ao contrário do varejo, por exemplo, o último trimestre tende a ser menos movimentado para empresas que vendem para outras empresas. Este é um período que geralmente é dedicado ao planejamento do próximo ano e revisão de metas. Aqui, a estratégia da área de comunicação pode gerar resultados de forma um pouco diferente:

Alinhe com a sua assessoria:

– Cases de negócios que agora poderão ser produzidos com mais tempo e que serão trabalhados na mídia em longo prazo. Neste período o seu cliente, que também é uma empresa, já contará com dados mais consolidados sobre como o seu serviço ou produto o auxiliou em 2017.

– Pautas não factuais e que possam ser trabalhadas em qualquer tipo de mídia, da TV a revista. Essa é a hora, por exemplo, de rever as estratégias de RH que foram essenciais para a retenção de talentos no ano, além de outras práticas que a empresa adota no dia a dia e que podem render uma boa notícia. Em 2016, por exemplo, tivemos exemplos de pautas institucionais como a que falou sobre mulheres em cargos de liderança e contou com a presença de gestoras da Ellevo e da Teclógica.

Algumas ações valem para qualquer tipo de negócio!

– No fim do ano, muitos profissionais aproveitam para tirar férias. Por isso, é essencial alinhar com a equipe de comunicação os períodos em que determinada fonte da empresa não estará disponível para entrevistas.

– Pautas e releases não factuais podem ser aprovados com antecedência. Esse tipo de material é essencial para que o trabalho da assessoria de imprensa não seja prejudicado no caso da ausência dos principais gestores e garante presença em veículos online e impressos, por exemplo.

–  Dados são sempre bem-vindos! Um assunto que sempre pode render bons espaços na mídia são balanços anuais, quando contam com dados concisos e que fogem do habitual. Assim que tiver um panorama em relação a vendas ou novos clientes, por exemplo, alinhe com a assessoria.

– Lembre-se: algumas mídias também reduzem as demandas no fim do ano. É o caso de revistas, por exemplo, que não lidam apenas com pautas factuais. Se a sua pretensão é sair em algum publicação com esse perfil, precisa estar atento aos prazos. Ficou na dúvida? Converse com a assessoria!

[Por Sabrina Hoffmann, que já está de olho nas pautas para o último trimestre do ano]

 

Quer mais dicas quentinhas? Confira outros conteúdos produzidos pela Melz:
Para gerar resultados, é preciso mais que notícia: proporcione experiência
Inspirações da nossa rotina: dicas de conteúdo da equipe da Melz
Veículos locais: invista, comemore e valorize