Associação dos Amigos, Pais e Portadores de Mielomeningocele (AAPPM) realiza pedágio no próximo sábado (14)

O blumenauense vai ter mais uma chance de fazer o bem neste fim de semana, e não será necessário nem sair do carro: a Associação dos Amigos, Pais e Portadores de Mielomeningocele (AAPPM) realiza no sábado (14) mais um pedágio. Em 2015, graças aos recursos conquistados numa ação semelhante, a entidade conseguiu realizar a reforma do telhado da sede, localizada na Itoupava Norte.

O objetivo da ação deste ano é a manutenção geral do espaço, que hoje acontece apenas através de recursos de um brechó aberto durante todo o ano. Além dos atendimentos, a AAPPM ainda contribui financeiramente com exames, consultas médicas e aparelhos ortopédicos.

Quem não puder participar, mas quiser auxiliar a entidade, pode fazer a doação de fraldas (adulto e infantil), alimentos, roupas ou ainda dedicar algumas horas do seu tempo como voluntário.

Guia Fácil Comunicação é uma das empresas que apoiam a entidade e também estimulam o voluntariado entre os colaboradores.

O que é a mielomeningocele?
A doença, também conhecida como espinha bífida aberta, é uma malformação congênita da coluna vertebral da criança em que as meninges, a medula e as raízes nervosas estão expostas. O tratamento de emergência exige uma cirurgia até 48 horas depois do nascimento do bebê, mas as consequências podem se estender por toda a vida.

Os principais problemas físicos que a mielomeningocele pode gerar são paralisia nas pernas e hidrocefalia. As crianças que nascem com a doença também tem maior risco de contrair meningite e de apresentarem dificuldades de aprendizagem e no desenvolvimento da linguagem.

Brechó da AAPPM funciona o ano inteiro. Imagem: Divulgação
Brechó da AAPPM funciona o ano inteiro. Imagem: Divulgação