Cerveja Blumenau chega ao mercado das long necks

Um dos grandes desafios da cerveja artesanal no Brasil é popularizar o consumo. E isso passa, também, pelo formato em que as receitas chegam ao público. A Cerveja Blumenau acredita que levar praticidade para o consumidor é um dos caminhos. Por isso, a partir de julho, as lojas, empórios, restaurantes, bares e supermercados recebem as edições em long neck da marca. Serão quatro estilos: Capivara Baby (Session IPA), Sun of a Peach (Catharina Sour), Ipê Amarelo (Hop Lager) e Alles Pilsen.

Elas estarão disponíveis em garrafas de 355 ml e em embalagens com os 4 exemplares. As receitas são as mesmas comercializadas na linha tradicional, de 500 ml.

De acordo com o diretor da cervejaria, Valmir Zanetti, o novo formato amplia as possibilidades de consumo e é uma porta de entrada para que mais pessoas queiram aderir ao movimento das artesanais. “Nas festas, na praia ou em locais mais informais, a long neck torna tudo mais prático. Entendemos que essa pode ser uma oportunidade de primeira experiência com a Cerveja Blumenau, assim como uma chance de que, quem já gosta dos nossos produtos, possa tê-los a disposição em várias situações”, comenta.

A Capivara Baby é uma Session IPA, versão menos alcoólica da original Capivara Little IPA. Tem 4,4% de teor alcoólico e 35 IBUs (unidade de amargor de vai de 0 a 120).

Já a Catharina Sour Sun of a Peach é a representante da marca no movimento que quer disseminar o estilo. Além de maltes, lúpulos, leveduras e água, leva na sua composição suco de pêssego. O teor alcoólico da receita é de 4,1% e 2 IBUs. Em 2016, levou medalha de prata no Australian Internacional Beer Awards.

A Ipê Amarelo é uma Hop Lager que está na linha da Cerveja Blumenau desde o lançamento. É uma lager lupulada, que tem 4,6% de teor alcoólico e 25 IBUs. Por fim, a Alles Pilsen é uma tradicional representante do estilo mais popular de cerveja, que tem 4,3% de teor alcoólico e 10 IBUs.

Sobre a Cerveja Blumenau
Fundada em 2015, a marca que traz o nome da Capital Brasileira da Cerveja atua hoje com 12 rótulos. Eles são produzidos em uma planta própria em Blumenau (SC), com capacidade de fabricação de mais de 120 mil litros ao mês. Mais de 2 mil pontos de vendas em todo o Brasil comercializam os rótulos.