Cinco dicas fundamentais para ir bem em uma entrevista

[Artigo de Sabrina Hoffmann, editora]

A assessoria de imprensa acaba de conseguir um importante espaço na mídia e agora entra o seu papel, como porta-voz da empresa. O bom desempenho em uma entrevista jornalística é um fator primordial para a qualidade do material que será produzido e chegará ao público.

Por isso é preciso se preparar e garantir que você conseguirá passar as informações solicitadas de forma clara e concisa, aproveitando o espaço que foi conquistado. Nós separamos cinco dicas fundamentais para quem quer se sair bem em uma entrevista jornalística. Veja:

1 – Confira as informações

Aqui entra o que chamamos de media briefing. Trata-se de um resumo da empresa, com dados institucionais, além da pauta e pontos importantes do assunto. Data de fundação, número de profissionais envolvidos na operação, principais produtos e serviços, novas ações relacionadas ao projeto que é foco da entrevista são alguns deles. O porta-voz da empresa pode, inclusive, levar uma cola com estas informações. Os jornalistas estão acostumados com esta situação.

2 – Conheça o perfil do jornalista

Caso não tenha o hábito de seguir o trabalho dele, peça auxílio à assessoria de imprensa. Ela pode traçar o perfil do profissional, para facilitar a comunicação. Forma de abordagem, temas que o jornalista costuma cobrir e o tipo de ênfase que dá às matérias ajudam o bate-papo a fluir melhor.

3 – Fique atento à roupa e postura

Pode parecer algo desnecessário, mas faz toda a diferença. Se for uma entrevista para TV, evite usar camisas que evidenciem marcas. Também deixe de lado cores muito vivas e camisas listradas. Se vista da forma como costuma ir trabalhar. Procure, mesmo que sentado, estar de forma ereta para que a voz saia com mais firmeza. Para as mulheres, vale evitar o uso de vestidos, que dificultam, por exemplo, o uso microfones de lapela, geralmente presos à calça, na cintura.

4 – Na entrevista, só fale o que pode ser divulgado

Caso a empresa opte em não divulgar o faturamento, por exemplo, informe essa postura ao jornalista. Não há nada de errado em um empreendimento não abrir certas informações ou dados que considere estratégico. O importante é deixar claro que trata-se de um posicionamento e não da omissão de um dado para dificultar o trabalho da imprensa.

O mesmo vale para informações que você não sabe se estão corretas. O ideal é ser franco: informe que não tem certeza quanto ao fato e que irá verificar. Neste momento, a assessoria de imprensa é um canal fundamental, já que é ela quem pode checar e repassar estes dados atualizados para o jornalista dentro do prazo necessário.

5 – Coloque-se à disposição

Ser gentil é muito importante em qualquer relação profissional. O mesmo vale no contato com o jornalista. Além de recebê-lo do mesmo modo que trataria um cliente, é importante deixar claro que está à disposição para mais esclarecimentos. Assim sua empresa cria um vínculo de confiança com a imprensa, que certamente a procurará em próximas oportunidades.