Empresa catarinense cresce fazendo a gestão de estoque e a logística do envio de sacolas para redes varejistas

Além da produção de embalagens de forma sustentável, Printbag envia diretamente para os pontos de vendas dos clientes os pedidos de cada local.

Para as redes de varejo, além da padronização do atendimento e dos produtos, outro grande desafio é a logística. A distribuição de insumos através de centros de recebimento é cada vez menos comum e uma empresa de sacolas e embalagens de Santa Catarina viu aí uma oportunidade para crescer. A Printbag entrega ao mercado mais de 50 milhões de unidades por ano e, para os clientes com redes de lojas ou franquias, oferece também a possibilidade de realizar a gestão do estoque deste produto através da matriz, em Camboriú (SC).

Na prática, o varejista define os padrões de modelos das sacolas e os seus franqueados fazem os seus pedidos diretamente para a empresa, que entrega em cada cidade o volume específico demandado por aquela unidade. Nesse modelo, este insumo fundamental não precisa passar pela central para ser distribuído.

De acordo com Ricardo Casteluci, diretor da Printbag, este modelo de operação iniciou há mais de 10 anos e desde então foi sendo aprimorado com a parceria de clientes. “Entendemos as demandas tanto do varejista quanto do dono da loja e nos tornamos uma ferramenta para que a entrega das embalagens seja tranquila para todos”, diz.

Outra questão que tornou esse projeto atrativo para os clientes, segundo o diretor da Printbag, é a redução na utilização do espaço físico que as sacolas ocupavam. “Como é um insumo que gera volume, nem as lojas tinham um local apropriado e disponível para acomodação, nem a indústria. Quando assumimos essa distribuição, além de desocuparmos parte do estoque dos nossos clientes para itens que são estratégicos, temos certeza de que as embalagens serão guardados de forma correta e chegarão ao destino perfeitamente”, acrescenta.

A história da Printbag começou em 1967 e desde 2010, quando foi adquirida pelo Grupo Weisul, a empresa já recebeu investimentos na casa de R$ 60 milhões. Entre os clientes atualmente atendidos estão Colcci, Vivara, Arezzo, Carmen Steffens, Anacapri, Schutz e Capodarte.

Preocupação com o meio ambiente
Além da produção de qualidade, que garante que as sacolas possam ser reutilizadas diversas vezes, a Printbag também atua com os olhos voltados para a sustentabilidade. Uma das iniciativas neste sentido é a utilização exclusiva de papéis oriundos de madeira de reflorestamento. Essa preocupação rendeu à empresa o selo da Forest Stewardship Council (FSC), uma entidade global focada no manejo florestal responsável.

Além disso, a impressão offset é livre de álcool e a impressão flexográfica é realizada sem solvente.