Erroooou! Cinco falhas comuns em entrevistas para TV

[Sabrina Hoffmann, editora]

Bastou o telefone tocar que o frio na barriga já começa. A assessoria de imprensa acaba de confirmar uma entrevista para um programa de TV e está na hora de se preparar para esse desafio. É comum que a maioria das pessoas fique nervosa em frente às câmeras, mas alguns cuidados ajudam a evitar as temidas gafes.

você-quer

Hoje a gente fala de cinco erros que frequentemente são cometidos por fontes e que você pode evitar. Confira cada um deles e veja como aproveitar melhor a exposição conquistada para a sua marca ou empresa.

1 – Roupa adequada

Já parou para perceber que muitas vezes a gente dá mais atenção ao look do entrevistado do que ao que ele fala? A roupa, quando se trata de TV, é muito mais que mero detalhe. E não se vestir adequadamente é o primeiro erro que você pode cometer, antes mesmo da entrevista começar.

Evite usar camisas com marcas – mesmo que seja a da sua empresa – e deixe as listras de lado. Elas podem causar um desagradável efeito de movimento. No estúdio também é comum que a iluminação seja forte e por isso escolher peças brancas não é indicado.

Para mulheres, vestidos são um problema no caso do uso de microfone de lapela, que em geral é preso à calça. Roupa e maquiagem de festa também são erros comuns. Para acertar na escolha do visual, vale a dica: vá à entrevista da mesma forma que costuma trabalhar. Afinal, você estará representando a sua empresa. Se ainda tiver dúvidas, pergunte à assessoria qual o estilo do programa e peça dicas de como se vestir para a ocasião.

2 – Não ouvir as perguntas

Pode parecer impossível, mas muitos entrevistados ficam tão nervosos na hora de falar que não conseguem prestar atenção ao que o repórter pergunta. Aí, acontece o efeito bola de neve: você não ouve o que te perguntam, não consegue formular uma resposta clara, será questionado novamente e o nervosismo só aumenta. Pode ser difícil, mas é importante tentar esquecer das câmeras que estão diante de você para focar na interação com o entrevistador.

3 – Ser evasivo

Pode ser por nervosismo, por não saber a resposta ou não se sentir a vontade em expor a opinião. Ninguém gosta de assistir a uma entrevista em que a fonte dá respostas vagas. No momento em que aceitar o espaço oferecido pela assessoria, prepare-se para tal. Estude o assunto e dedique-se, naquele momento, a responder de forma clara o que for perguntado.

A assessoria de imprensa não terá as perguntas com antecedência, mas lhe passará todas as informações sobre o assunto. Caso não saiba a resposta, seja honesto e admita, sempre se colocando à disposição para esclarecer a dúvida em uma próxima oportunidade.

CcWko9xW4AIUwMy

4 – Olhar para o local errado

Existe um truque muito simples pra resolver esse problema. Lembre-se que a entrevista nada mais é do que uma conversa entre duas pessoas. Por isso, olhe sempre para o repórter. Assim você não vai focar na câmera ou local errado.

O cinegrafista é um profissional experiente quando o assunto é enquadramento e certamente se colocará no melhor ângulo para obter as imagens. Resumindo: preocupar-se com o foco da câmera não é um trabalho para o entrevistado.

Existe, claro, uma exceção. Se for falar de um evento ou estiver sendo entrevistado de um local diferente do repórter ou apresentador, você terá de olhar para a câmera. São casos isolados, em que a pessoa que faz a pergunta não está na sua frente ou a fonte está falando diretamente com o público que está assistindo. Nestes casos, a equipe de produção vai orientá-lo exatamente porque foge da regra.

5 – Não se preparar

O auxílio da assessoria de imprensa neste quesito é fundamental. Com certeza o profissional que marcou a entrevista estará à disposição para auxiliá-lo na preparação para o tão esperado momento. Se necessário, leve uma cola com os dados mais importantes sobre o assunto que irá falar. Estudo antes e alinhe com outras fontes, caso a matéria vá ouvir mais de uma pessoa da sua empresa. Por fim, sempre se coloque à disposição caso o repórter precise de mais informações futuramente.

Ficou com dúvida? Quer saber mais sobre entrevistas para TV? A gente está aqui pra te auxiliar! Entre em contato e venha tomar um café com a nossa equipe.