Especialista em comércio exterior destaca desafios da importação de máquinas têxteis para a indústria brasileira

O mercado nacional é um dos que mais tem investido em tecnologia nos últimos anos. Mas, segundo a consultora e diretora da UP Comex, Erica D. Reinert, são necessárias algumas mudanças para ultrapassar a concorrência.

A China ainda é a principal compradora de máquinas têxteis italianas. Foi o que apontou o panorama apresentado durante o Simpósio Tecnológico, organizado pelo Instituto Italiano para o Comércio Exterior (ICE ), e pela Associação dos Construtores Italianos de Máquinas Têxteis (ACIMIT) no Brasil. Em 2006, enquanto a região da Ásia apresentou crescimento nas importações de máquinas – 12%, a América Latina avançou em 29%. No entanto, ainda é preciso investir muito mais no mercado nacional para alcançar os asiáticos, de acordo com a consultora em comércio exterior e diretora da UP Comex, Erica D. Reinert. Ela acredita que a modernização do processo fabril através de novas tecnologias é um dos melhores caminhos para a produtividade.

“Ficar atento às tendências e lançamentos do mercado internacional é a sacada certeira para quem quer entrar e se manter no processo de internacionalização da marca”, diz. De acordo com ela, no entanto, é preciso atenção a alguns cuidados sobre a importação de maquinários. “As particularidades de cada equipamento é um dos fatores que devem ser levados em consideração. O processo de deslocamento muitas vezes se torna complexo por conta do tamanho, tipo de peças e montagem. Algumas máquinas sequer cabem em contêineres, o que pode acabar elevando o custo da operação, se não for bem planejado”, destaca.

Segundo a especialista, alguns pontos quando levados em conta evitam dores de cabeça neste sentido. “Escolher um bom fornecedor é o primeiro passo de tudo. Além disso, outra questão que auxilia no momento da operação é a assessoria em comércio exterior. Profissionais especializados podem facilitar e orientar em todo processo de transação, levando em conta a análise da documentação, contratação de fretes e seguro, e do acompanhamento do embarque até a liberação e entrega final”, finaliza.

Sobre a UP Comex 
A UP Comex soma mais de 20 anos de experiência em comércio exterior e mercado financeiro dos seus diretores. O grande diferencial do negócio é trazer dinamismo e agilidade para os clientes, através de uma equipe multidisciplinar que trabalha com o setor de cada cliente de maneira customizada. Mais informações em: www.upcomex.net.