Está aberta a temporada de vinhos brancos, rosés e espumantes

As temperaturas subindo nos termômetros anunciam que a nova estação está por vir. Com a chegada da primavera e os dias de calor, não é só o guarda-roupas que muda: o paladar também pede outros sabores. Quando se fala em bebida, os vinhos tintos e com fortes taninos dão lugar a versões leves, refrescantes e aromáticas. É a temporada dos brancos, rosés e espumantes.

Para Giovani Giotto, enólogo da vinícola Monte Reale, de Flores da Cunha (RS), estas opções são ideais para os dias mais amenos. “O frescor, a acidez e o toque floral ou frutado que esses vinhos trazem combinam com o ar primaveril. Sem contar que eles devem ser degustados gelados”, comenta. Segundo ele, a versatilidade dos rótulos é um dos seus trunfos. “São bebidas que harmonizam perfeitamente com uma culinária mais leve, como saladas, legumes, peixes, frutos do mar e até mesmo grelhados. É uma boa saída para almoços e jantares que trazem vários tipos de carnes”, afirma.

Ainda de acordo com Giotto, esses vinhos se adaptam aos mais diversos momentos. “O Valdemiz Brut Rosé, por exemplo, acompanha bem entradas, mas pode ser degustado durante as refeições”, diz. Outra opção é o Valdemiz Chardonnay, que traz aromas de flores brancas e frutas tropicais. “É um vinho refrescante e bem estruturado, que harmoniza também com risotos leves e massas com molhos brancos”, ressalta.

Para aqueles que querem aderir a estas versões, o enólogo avisa: é preciso estar atento à temperatura. “Os espumantes, rosés e também os brancos leves devem ser servidos de 6°C a 8°C. Já aqueles de médio corpo, podem estar de 9°C a 11°C, enquanto os encorpados e licorosos de 10°C a 12°C”, complementa.

Sobre a Monte Reale
Os registros da produção de vinhos, legado da família, datam de 1300, ainda na Itália. Na primeira metade do século XIX, integrantes da família imigraram para o Rio Grande do Sul, onde iniciaram a atividade na Serra Gaúcha. Em 1973, Valdecir Mioranza deu o pontapé inicial para a Monte Reale, vinícola que está há 45 anos no mercado nacional e guarda mais de sete séculos de conhecimento.

Cinco marcas compõem hoje o mix da vinícola, com sede em Flores da Cunha (RS). Os vinhos de mesa e sucos são comercializados com a bandeira Monte Reale. Vinhos finos chegam ao mercado com as marcas Valdemiz e Sospirolo, que produz ainda Espumantes, Brandy e outros produtos especiais. A tradicional PNS elabora vinagres finos e, ainda, com a marca Alem Bier são produzidas cervejas artesanais.