Melz Assessoria de imprensa

Itajahy quer chegar a todo Brasil em 2017 e prepara lançamentos para o Festival Brasileiro da Cerveja
24/01/2017

O ano mal começou e já traz grandes e boas perspectivas para a Itajahy. A cervejaria, que nasceu em 2014 com identidade marcante tanto no líquido quanto nos nomes das marcas, prepara uma expansão geográfica dos seus pontos de vendas. Além de intensificar a atuação no Vale do Itajaí, em Santa Catarina, os rótulos devem chegar a outros estados brasileiros ainda no primeiro semestre.

A linha também vai aumentar. Hoje com seis rótulos, a marca deve lançar mais três no Festival Brasileiro da Cerveja, que vai de 8 a 11 de março, em Blumenau (SC). No estande da Itajahy os visitantes também poderão provar três experimentais, que, segundo o cervejeiro Alexandre Mello, também tem potencial para entrarem para a família de produtos.

“Este será um ano muito importante para a Itajahy. Temos o desafio de expandir mantendo a nossa essência que está ligada à qualidade dos produtos, inovação nas receitas e fortalecimento da identidade de Itajaí, que está muito ligada ao mar – desde a pesca até as praias”, ressalta Mello.

Para manter o crescimento com qualidade e agilidade nas entregas, a marca passa a produzir as garrafas como cigana na Cerveja Blumenau. Para manter o crescimento com qualidade e agilidade nas entregas, a marca passa a produzir as garrafas na Cerveja Blumenau. A produção de chope segue em Itajaí (SC), na sede da cervejaria, onde também produzirá chope e garrafa para ciganos.

Itajahy - 170123 - Cervejas (Divulgação)

Premiações
Entre as premiações recebidas pela Itajahy nos últimos anos, duas se destacam para o cervejeiro: o ouro da Brava Pale Ale por dois anos consecutivos no Concurso Brasileiro da Cerveja e o quarto lugar da Itajahy Porter no Best of Show do 9º Italian Beer Festival.

“O reconhecimento da Brava no Brasil e em uma categoria tão disputada como a Pale Ale foi muito importante para a disseminação da marca para o público e para que o próprio mercado nacional visse o potencial da Itajahy. Já figurar no Best of Show na Itália foi inesperado e absolutamente incrível”, comenta Mello.