Mais de 1,6 mil crianças do Alto Vale participam de projeto de empreendedorismo do Sebrae

Atividades multidisciplinares que desenvolvem desde cedo comportamentos e habilidades como liderança, cidadania, ética, cultura da cooperação, inovação e sustentabilidade fazem parte do programa Jovens Empreendedores – Primeiros Passos (JEPP), desenvolvido pelo Sebrae. Neste ano cerca de 40 mil crianças farão parte do projeto só em Santa Catarina. Dos 60 municípios avaliados previamente, dois dos selecionados são do Alto Vale: Taió e Petrolândia iniciaram a implantação das atividades ainda no primeiro semestre deste ano.

Mais de 1, 6 mil crianças dos dois municípios estão desenvolvendo atividades relacionadas ao JEPP. Donizete Böger, coordenador do Sebrae Vale do Itajaí, diz que o objetivo é criar mais oportunidades para o futuro profissional dos estudantes e auxiliar na formação social dos participantes. “O JEPP vai muito além de um preparo para o mercado de trabalho ou abertura de uma empresa posteriormente. Ele forma cidadãos, conscientes de seus direitos e obrigações, através de lições de cidadania, sustentabilidade, liderança e ética”, diz.

Em Taió, as escolas que fazem parte do projeto são a Escola de Ensino Fundamental Prefeita Erna Heidrich e Escola de Ensino Fundamental Adolpho Ewald e englobam cerca de 1,2 mil estudantes. Em Petrolândia, três instituições recebem o programa e atendem 450 alunos: CEI Pingo de Gente, que conta apenas com o 1º ano, Centro Educacional Criança Esperança e Centro Educacional Perimbó.

Criado há 14 anos em São Paulo (SP), o Jovens Empreendedores – Primeiros Passos está presente em todos os estados brasileiros e só no ano passado foi apresentado para quase um milhão de estudantes. Em Santa Catarina, a expectativa é de que 40 mil crianças sejam atingidas pelo programa em 2015.

Sebrae - 150710 -brnquedosEcologicos
No Centro Educacional Criança Esperança, alunos do 3º ano realizam oficina de brinquedos ecológicos | Crédito: Divulgação