Máquina para aplicação de tags da Censi permite produção média de 1,4 mil itens por hora

Garantir eficiência é a necessidade de qualquer empresa e não é diferente no segmento têxtil. Por isso a Censi Máquinas, especializada em equipamentos para o setor, desenvolveu a TAG Press, para aplicação de tags e etiquetas em peças de roupas e outros itens de confecção de forma automatizada.

O produto da companhia de Gaspar (SC) conta com três modelos: com um, dois ou três cabeçotes independentes, que podem ser acionados conforme a demanda. Possui regulagem de largura e altura, o que permite o uso com qualquer tipo de tag.

Outro diferencial é que o produto é pneumático e não necessita de energia elétrica para operar. A capacidade de produção chega a 1,4 mil itens por hora. “O primeiro modelo da TAG Press surgiu há 17 anos e até hoje é uma máquina com características exclusivas. Foi desenvolvida de acordo com a realidade dos nossos clientes e exatamente por isso se encaixa perfeitamente no processo de desenvolvimento das empresas”, avalia Sheila Censi Braun, diretora executiva da Censi.

Com baixo consumo de ar comprimido, o equipamento evita a necessidade de manuseio das tags e permite a possibilidade de aplicação de três etiquetas simultaneamente em uma mesma peça.

Sobre a Censi
Fundada em 1998, a Censi Máquinas é especializada no desenvolvimento de equipamentos para apoiar a produção de itens dos setores têxtil, de confecção e decoração. As máquinas do portfólio, presentes em cerca de 2 mil clientes, apoiam desde o início da cadeia de operações, como o corte de tecidos e papéis de paredes, até o etiquetamento de peças destinadas ao consumidor final. São mais de 10 modelos fabricados em Gaspar (SC), cidade em que está a sede da companhia, e vendidos para todo o país. Além do portfólio, a marca desenvolve ainda máquinas sob demanda, exclusivas para o modelo de negócio dos parceiros.