Marketing de conteúdo: uma relação de proximidade e interação com o público

[Por Sabrina Hoffmann, que adora atualizar planilhas de planejamento dos blogs de clientes da Melz]

Você já deve ter ouvido falar sobre entregar valor ao cliente. A expressão, muito comum dentro da área de marketing, mostra o quão desafiador pode ser a relação das empresas com os seus consumidores. Afinal, você está fazendo a diferença para a rotina do seu público? Ele pode contar com você quando precisa de algo além de um simples produto?

Engajamento, aproximação e fortalecimento de marca não são apenas palavras bonitas que precisam estar na sua visão ou slogan. Elas precisam ser uma realidade da sua rotina se quiser impactar o consumidor. E neste contexto a gente explica por que a produção de conteúdo é tão importante.

Já parou pra pensar onde o cliente busca informações sobre o segmento em que atua? E se ele pudesse contar com você, não só enquanto fornecedor, mas também como uma boa fonte de informação? E se ele acessasse periodicamente o seu blog para conferir as novidades de mercado, se atualizar, aprender um pouco mais sobre a área em que está inserido?

Um blog corporativo, que vai além de fazer propaganda sobre a empresa e produtos, agrega valor à relação que se está construindo com os clientes. E mais: gera leads – aquelas visitas de quem no fundo está procurando por algo e quer ter a certeza de que você pode entregar.

Quando a produção de conteúdo especializado é recorrente, você mostra para o consumidor que é diferente das outras marcas, porque está preocupado com a relação com ele e não apenas com a venda.

Sete em cada dez empresas brasileiras já investem em marketing de conteúdo. E o resultado é muito mais expressivo do que um blog bonitinho: quando você prioriza publicações de valor, o seu cliente passa por ele quatro vezes mais do que o habitual. Quer mais uma vantagem? Entregar informação de qualidade pode gerar até cinco vezes mais leads*. Ou seja: da visita ao prospect, o caminho é bem mais curto e certeiro.

É preciso deixar de lado a ideia de que o post serve para escancarar as vantagens da marca, da mesma forma que uma peça publicitária. São valores e plataformas diferentes, e por isso precisam de estratégias bem pensadas.

E lembre-se: só porque você “coloca alguma coisa” no seu blog semanalmente, não quer dizer que o público esteja satisfeito com o que vê. Ninguém entra em um portal para ler como uma empresa é incrível – ainda mais quando ela mesma afirma isso. A gente acessa blogs corporativos porque, em suma, procuramos saber mais sobre o mercado, um segmento específicos, vantagens que algum produto ou serviço trará pra gente. Conteúdo corporativo não pode ser sobre a empresa, mas sim sobre a necessidade dos clientes.

Quer saber como o seu blog pode te ajudar a fortalecer a sua marca? Qual a estratégia e conteúdos assertivos para o seu negócio? Vem tomar um café com a gente!

 

* Dados do relatório Content Trends 2016, realizado pela Rock Content.

 

Confira outros conteúdos compartilhados no nosso blog
– Cinco ações para otimizar os resultados de assessoria de imprensa em 2017
Tutti Baby: do relacionamento com influenciadores digitais ao desenvolvimento do produto
– Clipagem segmentada: onde realmente está o seu cliente?
– Redes sociais: sobre panfleteiros e fórmulas prontas
A pressão das entrevistas ao vivo e como sobreviver