Meias e rendimento: como elas podem ajudar a reduzir cansaço e evitar calos durante as corridas

Cada detalhe, no momento de uma corrida, é fundamental. Um treino com um tênis mal escolhido, por exemplo, pode causar lesões. Uma camisa com função antitranspirante pode melhorar o desempenho em dias muito quentes. E as meias? Muitas vezes esquecidas, elas são fundamentais para que o resultado – seja de um treino despretensioso ou de uma corrida valendo medalha – esteja de acordo com o esforço do corredor.

A Meias Loa, especializada neste item, lançou uma linha dedicada à atividade, chamada de Run, que reúne meias com características como absorção de impacto, compressão graduada e função repelente ao suor. Confira alguns modelos:

Se o problema são as bolhas e a transpiração

Para os adeptos às meias curtas que transpiram muito nos pés, a marca lança um modelo com reforço anti-bolhas no calcanhar, controle de transpiração (que mantém os pés secos) e reforço na ponta do pé, onde as bolhas também costumam surgir.

Se o desejo é maior absorção de impacto

Não é apenas o tênis que interfere neste sentido. As meias também podem auxiliar. No caso deste modelo, um reforço na zona de pisada e na ponta do pé, combinadas com um tênis de qualidade, podem reduzir o impacto de cada pisada e melhorar o rendimento – além de evitar problemas.

Se você costuma usar meias de compressão

Esse modelo é reconhecido cientificamente por reduzir a sensação de cansaço e peso nas pernas após provas e treinos longos, diminuindo o risco de lesões. Isso porque comprime a musculatura e incentiva a circulação do sangue. Neste modelo da Loa, além da compressão graduada a meia conta com um tecido que repele o suor e tem reforços nas áreas de pisada.