Playmove apresenta mesa digital com plataforma de games educativos na Fispal

A preocupação com o público consumidor do setor gastronômico não se limita a boas receitas. Segundo o Instituto Food Service Brasil, uma das tendências alimentares é o foco na experiência do cliente. E na edição de 2018 da Fispal Food Service, empreendedores do setor encontrarão na exposição também opções para composição dos ambientes de recepção e entretenimento.

Uma das novidades da feira, que acontece de 12 a 15 de junho em São Paulo (SP), é a Playmove. A startup brasileira é a criadora da mesa digital PlayTable, que conta com uma plataforma de games interativos com características que estimulam a coordenação motora e psíquica das crianças. A estreante apresenta no evento um portfólio com mais de 50 jogos, com opções personalizáveis e temáticas ligadas ao universo gastronômico.

Com expectativa de crescimento de 5% em 2018, o mercado de alimentação fora do lar já representa uma movimentação de R$170 bilhões ao ano só na última década. Na Fispal Food Service, mais de 40 mil visitantes buscam inovações para o mercado.

“Nosso objetivo é nos fortalecermos como uma opção moderna e versátil para os ambientes de entretenimento, como espaços kids, essenciais para empreendimentos voltados à família. Hoje já temos restaurantes em nossa carteira de clientes e sabemos que o produto é muito bem aceito, especialmente pelo custo-benefício que oferece. A PlayTable funciona como um console gigante, com formato anatômico e cores divertidas, com opções de jogos para diversas idades, sem temáticas polêmicas ou violentas. Em sua maioria, são games educativos, o que pesa também para os pais”, diz Marlon Souza, CEO da empresa.

Sobre a PlayTable
Desenvolvida para aliar tecnologia, educação e diversão, a PlayTable é uma mesa digital, interativa e multidisciplinar que pode ser utilizada por crianças a partir dos três anos de idade. Os jogos são criados com base nas matrizes curriculares e desenvolvem habilidades cognitivas e de coordenação motora, além de conteúdos como alfabetização, matemática, ciências, artes, história, entre outros.
A estrutura é segura e simples, o que permite que as próprias crianças façam o uso do equipamento sem a necessidade da intervenção de adultos. Graças à tecnologia empregada no produto, ele é recomendado para utilização em programas de inclusão com crianças com dificuldades psíquicas e motoras.

Sobre a Playmove
Criada em 2013 em Blumenau (SC), a startup Playmove nasceu a partir da união de dois empreendedores das áreas de tecnologia e brinquedos educativos. O negócio deu origem a primeira mesa digital com jogos educativos do Brasil, a PlayTable. Foram três anos de pesquisa até que o dispositivo chegasse ao mercado. Em 2016 a startup recebeu menção honrosa na categoria Negócio de Impacto Social do Prêmio Empreendedor de Sucesso, entre outros prêmios ao longo da sua história.