RedCor passa a produzir na Cerveja Blumenau

Embora seja de Maringá (PR), a RedCor tem uma relação muito especial com Blumenau (SC). Foi na cidade que os cervejeiros David Redmerski Júnior e Edvaldo Correia ouviram os primeiros incentivos para engarrafar as suas criações. Também de onde levaram por dois anos consecutivos o certificado de Best of Show do Concurso Brasileiro da Cerveja. E mais uma passo da marca, conhecida pela criação da Ryequeoparta e de outros rótulos diferenciados, acontecerá na cidade catarinense: a partir de agora, a produção será na planta recém-inaugurada da Cerveja Blumenau.

Os primeiros rótulos produzidos nesta nova etapa chegam ao mercado no fim de novembro. Além da Ryequeoparta, um lançamento também estreará nesta nova fase. Em seguida, entram em linha a Intrigante (uma American Wheat/Rye) e alguns novos rótulos já desenvolvidos. A ideia é chegar ao Festival Brasileiro da Cerveja de 2017 com seis rótulos.

David ressalta que esse é um passo importantíssimo para a marca. “Nós produzimos lotes pequenos de chope que eram comercializados na região de Maringá (PR) e poucas unidades em garrafas. Ouvimos vários incentivos ao longo dos últimos anos para que aumentássemos a produção e ganhássemos mercado. Depois desta segunda premiação, começamos a conversa com a Cerveja Blumenau, sentimos que havia uma sinergia nas propostas e vamos avançar para um novo momento”, comenta.

Para o diretor executivo da Cerveja Blumenau, Valmir Zanetti, produzir uma marca como a RedCor também é muito significativo. “Estamos muito felizes com essa aproximação. Eles tem cervejas diferenciadas, que recebem uma especial atenção do mercado cervejeiro e que encantam os consumidores que tem mais informações sobre a bebida. Nós compartilhamos da preocupação com a qualidade do produto e com a credibilidade. Acredito que será uma parceria com bons frutos pra todos”, comenta o executivo.

Cerveja Blumenau - 161101 - RedCor (Divulgação)
Valmir Zanetti, David Redmerski Júnior, Edvaldo Correia e Fernando Lapolli:
RedCor passa a produzir na Cerveja Blumenau

Ascensão rápida
A história da RedCor é recente. David e Edvaldo começaram a produzir cerveja em casa em junho de 2013. Em 2014, numa brassagem dos caseiros que aconteceu durante o Festival Brasileiro da Cerveja, vários profissionais do setor já sugeriam a produção cigana da Rye Beer, que leva centeio na receita.

Ela foi batizada como Ryequeoparta e, no ano seguinte, em 2015, foi ouro na sua categoria e 3ª colocada no Best of Show do Concurso Brasileiro da Cerveja. Em 2016, repetiu o lugar mais alto do pódio e levou o segundo lugar entre os rótulos mais bem avaliados do concurso.

Até o início da produção na Cerveja Blumenau, as garrafas da RedCor eram produzidas raramente, apenas para eventos e situações especiais. “Sentimos que era o momento de termos uma produção com maior volume e mais periodicidade. O mercado pedia isso. Estamos muito felizes com essa nova fase”, finaliza David.