Riscos da automedicação: saiba como a tecnologia pode auxiliar no uso correto de remédios

Segundo o Sistema Nacional de Informações Tóxico-Farmacológicas (Sinitox), duas pessoas se intoxicam com remédios por hora no Brasil, por ingerirem o produto por conta própria. A falta de informações é um dos grandes problemas neste sentido, especialmente em casos de doenças crônicas, que necessitam de acompanhamento diário.

Guilherme Schneider, gerente operacional do sistema de cartões de benefícios Total Saúde, diz que esta é uma preocupação da empresa, que tem investido em tecnologia para acompanhar os pacientes, tirar dúvidas sobre medicações e mantê-los informados. A marca conta com o aplicativo Total Saúde 24h, em que além de ícones com dicas de saúde, oferece um chat direto com uma central de enfermeiros.

“Acreditamos que oferecer esse tipo de serviço vai além da oportunidade de uma consulta ou um exame com valor diferenciado. E a tecnologia é uma ferramenta essencial para que esse acompanhamento continue além do consultório, reduzindo riscos como o da automedicação, por exemplo. Com o nosso aplicativo, o beneficiário pode ligar, fazer uma chamada de vídeo ou ingressar no chat para tirar qualquer dúvida e receber orientações da equipe. No caso de pacientes crônicos, a equipe também realiza um trabalho pró-ativo, contatando a pessoa regulamente para garantir o uso correto da medicação e outros cuidados”, explica.

De acordo com o Instituto de Pesquisa e Pós-Graduação para o Mercado Farmacêutico, 40% dos brasileiros declararam não saber como consumir um medicamento de forma adequada, garantindo eficácia e segurança. Muitas vezes o alto custo dos serviços, segundo Guilherme, é uma das questões que acabam influenciando na automedicação. “É importante que o acesso ao atendimento também seja facilitado, com preços justos. Nós trabalhamos nestas duas frentes e recebemos feedbacks bastante positivos. Os usuários comparecem ao consultório e estendem os cuidados através do app. A tecnologia acaba se tornando um complemento para atenção à saúde”, finaliza o erxecutivo. No Total Saúde 24h, além as orientações da rede de enfermeiros, o beneficiário pode ainda consultar aonde comprar os medicamentos com desconto e qual a rede credenciada da empresa, o endereço, nome e especialidade dos profissionais.

Leitura facilitada da bula
Outro exemplo de tecnologia na área de saúde é o software Renova. Com imagens simples e universais, ele emite alertas relacionados às indicações da bula. O objetivo é garantir que os pacientes entendam a forma como a medicação deve ser administrada, especialmente pacientes crônicos. O sistema Renova foi desenvolvido pelo médico Rogério Malveira e já são mais de 10 mil medicamentos categorizados. Com a consulta facilitada, os pacientes acabam aderindo de forma mais assertiva ao tratamento. Segundo a OMS, mais da metade deles não toma os remédios como prescrito.

Sobre a Total Saúde
Lançado em janeirto de 2018, o cartão de benefícios da Total Saúde garante aos beneficiários descontos em consultas médicas e odontológicas, medicamentos e exames. São até seis contemplados em um único cadastro, com mensalidade de até R$ 40,00. O serviço traz ainda sorteios mensais de até R$ 5 mil, auxílio funeral e seguro de vida e ampla rede credenciada em Blumenau (SC) e região.