Santa Catarina é o segundo estado com mais prêmios no Concurso Brasileiro da Cerveja

Com oito ouros, 22 pratas e 21 bronzes, Santa Catarina terminou o Concurso Brasileiro da Cerveja em segundo lugar entre os estados mais premiados. A primeira posição ficou com o Rio Grande do Sul. A premiação aconteceu na noite de ontem (7), em Blumenau (SC).

A Lohn Bier, de Lauro Muller, foi a catarinense que levou o maior número de ouros, com dois: Carvoeira Wood Aged e Trippel. Também levaram medalhas douradas Antídoto Cervejaria, Armada Cervejeira, Bieland, Bierbaum, Schornstein e Das Bier. Cerveja Blumenau e Bierbaum empataram com o maior número de medalhas: cinco cada uma.

O presidente da Associação das Cervejarias Artesanais de Santa Catarina (Acasc), Carlo Lapolli, destaca a presença do estado entre as melhores. “Temos premiadas com mais de 10 anos e outras que foram lançadas no último mês. Isso mostra que as marcas locais trabalham para manter qualidade e, ao mesmo tempo, o mercado está inovando não só com novas cervejarias, mas também com as mais antigas lançando novos produtos e conceitos”, comenta.

Santa Catarina tem mais de 50 marcas de cerveja que, juntas, produzem mais de 1 milhão de litros por mês de acordo com uma pesquisa da entidade. De 2013 para 2016, o número de marcas triplicou.

Acasc - 170308 - Concurso (Daniel Zimmermann)
Crédito: Daniel Zimmermann