Melz Assessoria de imprensa

SCMC inspira movimentos de colaboração entre indústrias de moda e design no Ceará e em Minas Gerais
06/03/2017

Na última quinta-feira (23), a presidente do Santa Catarina Moda e Cultura (SCMC), Amélia Malheiros, esteve na Associação Brasileira da Indústria Têxtil (Abit) para apresentar os resultados da plataforma nos últimos anos e as propostas para a continuidade das ações. A executiva retornou com duas excelentes notícias: a iniciativa catarinense mobilizou indústrias têxteis e do vestuário do Ceará e de Minas Gerais que estão iniciando movimentos similares. Eles se chamam Ceará Moda Contemporânea (CMC) e Associação Mineira das Empresas de Moda (AMEN).

“Ficamos muito felizes! Quando começamos, há 12 anos, o compartilhamento de informações entre as indústrias e o crescimento conjunto mesmo entre concorrentes era impensável. Hoje, percebemos que existe um movimento neste sentido que é benéfico para todos os envolvidos”, comenta Amélia. Ela complementa ainda que os executivos do SCMC acreditam que é possível não só que plataformas como essa se apliquem a outros estados na área de moda, mas também em outros segmentos.

Resultados
Durante o encontro, Amélia destacou os resultados do SCMC na transformação do olhar das indústrias locais para questões importantes como o design, a inovação e a sustentabilidade. Também falou sobre os programas de integração entre alunos, professores e profissionais das empresas, que confere um novo perfil de profissional transformador para a indústria do futuro.

Sobre o SCMC
O Santa Catarina Moda e Cultura (SCMC) é uma plataforma colaborativa que conecta empresas e universidades de moda e design para capacitar pessoas, fomentar a inovação, estimular ambientes pulsantes e ressignificar protagonismos.

Em mais de 10 anos de atuação, mais de 50 empresas catarinenses já passaram pelo SCMC e 25 instituições de ensino aderiram à plataforma através da participação dos seus alunos. Foram mais de 400 eventos de capacitação que impactaram cerca de 30 mil profissionais e acadêmicos. Juntas, as empresas associadas faturam acima de R$ 4 bilhões.

Atualmente, 16 empresas fazem parte da plataforma: Altenburg, Audaces, Cia. Hering, Círculo, Copa&Cia, Coratex, Cores e Tons, Dudalina, Fakini, HI Etiquetas, Karsten, Lepper, LOA Underwear, Marisol, Meu Móvel de Madeira e Tecnoblu.