Soluções para isolamento de tubulação reduzem ruído dos sistemas hidrossanitários em apartamentos

Quem mora em apartamento sabe: nem sempre é fácil garantir o descanso depois de um longo dia de trabalho, por conta do intenso ruído vindo do vizinho. E o incômodo, que não tem hora, muitas vezes vem da tubulação hidrossanitária, que envolve desde a descarga até a torneira aberta na madrugada.

Para reduzir o desconforto acústico destes espaços estão surgindo no setor de construção algumas soluções que focam no isolamento do barulho comum entre uma unidade de moradia e outra. É o caso das mantas desenvolvidas pela Ecofiber na linha Hydro.

O produto foi criado com base no que diz a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), que lançou em 2013 a NBR 15.575, prevendo o uso de componentes que garantam maior conforto acústico nas edificações. “Essa manta pode ser aplicada em toda a tubulação da obra e reduz significativamente o ruído causado pela vazão da água. Como é produzida com lã de pet, tem alta durabilidade e um custo-benefício em longo prazo que ainda agrega mais valor ao imóvel”, destaca João Adriano Filho, gerente comercial da Ecofiber.

Especializada em produtos para isolamento, a marca está presente em diversas construtoras do país. “Além de ser uma obrigação, as empresas estão cada vez mais conscientes sobre a importância do tema para o consumidor. Temos uma rotina bastante turbulenta e o descanso é essencial para a saúde. Com soluções como esta, as obras têm se tornado mais interessantes já no momento da compra do apartamento, pois o cliente tende a buscar um espaço que ofereça a ele o máximo de conforto. E isso já começa na estrutura do local”, destaca.

O que diz a norma
De acordo com a NBR 15.575, o volume máximo de sons que devem chegar de um ambiente a outro varia entre 35 e 45 decibéis (dormitórios) e entre 40 e 50 decibéis (salas de estar). Isso equivale ao som de uma conversa normal ou de trânsito leve. De um banheiro para outro cômodo vizinho, por exemplo, deve ser inferior a 42 decibéis. “Normalmente, em prédios mais antigos, o barulho do sistema hidrossanitário ultrapassa este limite. Isso é comum por conta da pressão da água, que também é importante para a eficiência do sistema. Por isso, a manta é a melhor saída para se abafar o som, mantendo a eficácia necessária nas tubulações dos prédios”, conclui João.