Melz Assessoria de imprensa

Supremo Cimento inaugura fábrica e aumenta produção para mais de 2 milhões de toneladas ao ano
04/04/2015

Com sede em Pomerode (SC), a Supremo Cimento iniciou em abril uma nova etapa da sua história. A partir de agora a companhia conta com uma nova unidade de produção, localizada em Adrianópolis (PR), cidade onde fica também a jazida de calcário da companhia. A estrutura comportará a produção de mais de 1,7 milhões de toneladas de cimento ao ano, assim que atingir 100% da sua capacidade produtiva. Junto à matriz, a Supremo chegará a 2,1 milhões de toneladas ao ano.

Além de alta eficiência produtiva, a nova fábrica foi projetada para atuar com baixo consumo energético, além de cumprir todas as exigências dos normativos ambientais, contribuindo para um desempenho sustentável de excelência. Com ampla atuação nos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, a Supremo Cimento vai estender a sua operação para o Paraná e a região Sudeste.

Fundada em 2003, a Supremo Cimento atraiu em 2011 investimento externo do Grupo Secil, um dos dois principais produtores de cimento de Portugal e que tem também atuação no Líbano, Tunísia e em Angola. A companhia adquiriu metade do capital social da Supremo e alavancou o investimento de mais de 700 milhões de reais na nova unidade de Adrianópolis.

Evanilton Braga, diretor comercial da companhia, explica que o investimento foi motivado pelo crescimento que a construção civil brasileira tem conquistado nos últimos anos. “Acreditamos que o cenário do setor se mantenha favorável e que a construção civil volte a crescer nos próximos anos”, diz.

A unidade da Supremo Cimento no Paraná levou três anos para ser concluída e envolveu cerca de 1,5 mil trabalhadores em sua construção. Foram utilizados 60 mil metros cúbicos de concreto, 6,6 mil toneladas de aço de construção e 10 mil toneladas de aço em equipamentos e estruturas metálicas para dar vida ao empreendimento.

Produtos e estrutura
Os produtos oferecidos pela Supremo são: CP II-F-32, CP IV-32 RS, CP II-F-40 e CP V-ARI. Cada um atende a normativas específicas e é destinado para um determinado tipo de obra, satisfazendo a demanda de vários tipos de clientes.

No segmento Concreto, os itens oferecidos são: convencional, bombeável e especial. Mais de 80% dos produtos vendidos estão na modalidade bombeável. Para grandes obras, a Supremo dispões de bombas que têm de 23m a 32m de lança. Em Santa Catarina atende os principais mercados, como: Florianópolis, Itajaí, Balneário Camboriú, Região Metropolitana de Blumenau, Joinville e Jaraguá do Sul.

Supremo Cimento inicia operação em Adrianópolis. Imagem: Divulgação

Supremo Cimento inicia operação em Adrianópolis. Imagem: Divulgação

Evanilton Braga, diretor comercial da Supremo Cimento. Imagem: Daniel Zimmermann

Evanilton Braga, diretor comercial da Supremo Cimento. Imagem: Daniel Zimmermann