[29/02/2012] SCMC lança edital do Inteligência Compartilhada ano 7

Desenvolver ações capazes de dar oportunidades para os talentos da moda de Santa Catarina e integrar a comunidade acadêmica e os futuros profissionais com o mercado de trabalho. São esses os objetivos do Inteligência Compartilhada, que faz parte do Santa Catarina Moda Contemporânea. O edital para os alunos que querem participar da sétima edição foi lançado ontem (28).Podem participar duplas de alunos dos cursos de moda da Assevim, Udesc, Uniasselvi, Unifebe, Univali e dos Senais de Blumenau, Brusque, Criciúma, Jaraguá do Sul, Joinville e Rio do Sul.

Os interessados em participar deverão solicitar a ficha de inscrição no departamento de moda da instituição de ensino que estuda. O material deverá ser protocolado no mesmo departamento até o dia às 18h do dia 16 de março de 2012, juntamente o portfólio que deve conter, ao menos, três trabalhos de cada acadêmico.

Na primeira etapa, uma comissão julgadora formada por alguns professores das instituições participantes escolherão os melhores portfólios entre os dias 17 e 18 de março. Na segunda etapa, os portfólios recebidos serão avaliados por uma comissão julgadora formada pela direção criativa e de conteúdo do SCMC. Nessa etapa, 30 duplas, independente da instituição, serão selecionadas. A terceira etapa será realizada no dia 27 de março e cada equipe terá 15 minutos para responder os questionamentos pertinentes aos seus trabalhos, experiências profissionais, objetivos e processos criativos. Nessa etapa, 12 duplas serão escolhidas e anunciadas no dia 28 de março. No dia 2 de abril será feito o sorteio que definirá com quais empresas cada equipe desenvolverá todos os trabalhos do projeto de Inteligência Compartilhada. Os participantes passam a ser chamados de “times criativos”.

A partir de então eles passam a desenvolver projetos nas empresas do SCMC com o objetivo de apresentar, no evento final, uma coleção que atenda os anseios do projeto no que diz respeito a inovação. Este ano, o evento deve acontecer em novembro.

Sobre o Inteligência Compartilhada
Como o próprio nome diz, o projeto compartilha as experiência acadêmicas dos alunos do curso de moda com a expertise das indústrias que fazem a história da moda e do design em Santa Catarina. Os alunos ganham em conhecimento de mercado e as empresas se aproximam da inovação trazida pela academia.

Na prática, durante sete meses os alunos ficam inseridos no contexto corporativo das empresas desenvolvendo uma coleção sob a tutela do diretor criativo do projeto, dos colaboradores das empresas e da coordenação do SCMC.

[13/01/2012] Disney para todas as idades

Não é de hoje que a Disney desperta sonhos e faz todo mundo voltar a ser criança. E foi pensando nisso que a Primundo Viagens e Eventos lançou esta semana um pacote especial para os que querem conhecer os parques mais famosos do mundo, mesmo que longe da infância.

O Disney para Adultos inclui sete noites de hospedagem e ingressos para os parques Disney, Epcot, Hollywood Studios, Animal Kingdon, Universal Studios, Island for Adventure e Sea World. Também estão previstas paradas para compras em shoppings e outlets.

Gabriel Zampieri, agente de viagens especializado na Disney, comenta que logo depois do lançamento o pacote já teve bastante procura. “Sempre está em tempo de visitar a Disney. É um programa que emociona e diverte pessoas de qualquer idade”, afirma.

[07/02/2012] Cristiano Buerger reassume a presidência do Santa Catarina Moda Contemporânea

O Santa Catarina Moda Contemporânea chega, em 2012, ao sétimo ano. E a presidência segue com um dos fundadores do projeto, Cristiano Buerger, diretor da Tecnoblu. Assumiu a vice-presidência do projeto Amélia Malheiros, representante da Cia. Hering. A decisão foi formalizada na Assembléia realizada na noite do dia 6 de fevereiro de 2012.

A base do projeto nesse sétimo ano será o desenvolvimento e estudo do lifestyle catarinense através da concepção de uma coleção baseada nesses insights. Todos os times criativos trabalharão com este mesmo tema durante os oito meses do projeto nas empresas. “Queremos transformar Santa Catarina em um pólo de tendências. Vamos mudar a forma como o estado é visto no mundo da moda”, explica Cristiano. A idéia é transformar o lifestyle catarinense – muito ligado a natureza e as belezas naturais, a qualidade de vida, a boa música, a alta gastronomia e ao conforto – em uma marca no mundo da moda, tal qual o Rio de Janeiro se apropriou da marca de praia. “Santa Catarina, no mundo da moda e do design, vai ser sinônimo de resort wear e conforto”, destaca Cristiano.

A direção do projeto continua com Jackson Araújo que é considerado por muitos veículos especializados como um dos maiores nomes da consultoria de moda no Brasil. É pesquisador de design, comunicação, comportamento jovem, moda, música, web e varejo. A Fiesc/Senai segue como patrocinadora do projeto.

Outra questão definida é que o SCMC vai investir num processo de capacitação no processo inovação. O programa será ministrado pela Feel the Future (que já atendeu, entre outros, Nike, Intelbras, Whirlpool, Nokia, HSBC, Eletrolux e Itaú). O objetivo é repassar para os profissionais das empresas e entidades sobre como instituir uma metodologia formalizada para a inovação.

A sustentabilidade também é foco deste ano. “Não há como olhar a inovação e os novos mercados sem pensar em sustentabilidade. Isso está muito claro para as empresas associadas ao SCMC”, afirma Amélia. Essa capacitação será realizada pela Sustainable Hub, formada por ex-diretores do banco Real –Santander.

Serão três grandes palestras e três Very Important Company (VICs), visitas a empresas que são consideradas referência. Na assembléia, as empresas participantes foram homenageadas.

Novas empresas aderem ao projeto
Mais duas empresas foram anunciadas como participantes do sétimo ano do SCMC. A Fakini Malhas e a Audaces Automação ingressaram no time das apoiadoras.

Localizada em Pomerode (SC), a Fakini trabalha com malhas de algodão para os segmentos bebê, primeiros passos, infantil, juvenil e adulto. A empresa completa 18 anos em 2012 com uma capacidade produtiva estimada em 800 mil peças por mês.

A Audaces se destaca no mercado têxtil pelo Audaces Vestuário, solução que se tornou líder de vendas na América do Sul. A empresa de Florianópolis (SC) tem soluções em mais de 30 países e completa 20 anos em 2012.

Além delas, ainda fazem parte do projeto Dalila Têxtil (Jaraguá do Sul), Dudalina (Blumenau), Cia.Hering (Blumenau), Karsten (Blumenau), Kyly (Pomerode), Lancaster (Blumenau), Marisol (Jaraguá do Sul), Oceano (Joinville), RVB Malhas (Brusque) e Tecnoblu (Blumenau).

Sobre o SCMC
O Santa Catarina Moda Contemporânea (SCMC) é uma iniciativa pioneira no Brasil que trabalha para promover a inovação como diferencial da cadeia têxtil do estado. Clique aqui e entenda como funciona.

Em seis anos de projeto, o SCMC já teve mais de 300 estudantes participantes de 18 instituições de ensino que realizaram projetos inovadores em 28 empresas. Cerca de 90% deles estão empregados. Também foram realizadas 30 palestras e 15 workshops até o sexto ano. Veja como foi o último evento e ouça a opinião de alguns executivos sobre o projeto.

O SCMC representa um crescimento de 131% no faturamento das empresas participantes. Em 2005, juntas elas faturavam R$ 1.428 bilhões. Em 2010, este número pulou para R$ 3.319 bilhões. Somados os números de todas as participantes, são 21.925 colaboradores.

[11/01/2012] Com a palavra, Lisandro Hruschka

O ano mais fatídico finalmente chegou. Os maias previram que 2012 traz o fim de todas as coisas, mas os applemaníacos torcem pra que seja mentira, afinal, e o iPad 3? E o iPhone 5? Como ficam todas as novidades que os fãs da maçã esperam ano após ano? Para deixar o pessimismo de lado, resolvemos bater um papo com Lisandro Hruschka, técnico da Hi Soluções e Apple Certified Technical Coordinator, para saber o que ele acha que podemos esperar para os próximos meses.

Para quem gosta dos tablets, Lisandro acha que é hora do iPad 3. Seguindo uma lógica básica, dá para chutar que o aparelho será lançado ainda este ano, afinal, a primeira versão do iPad foi lançada em 2010 e o iPad 2 chegou às lojas no ano passado. “Claro, isto não quer dizer, necessariamente, que vai ser em 2012, mas as tecnologias em hardware estão surgindo cada vez mais rapidamente e a Apple anda bastante empolgada com a Siri. Quem sabe não decidem nos surpreender”, deixa o mistério no ar.

Na área dos portáteis, Lisandro acha que seria interessante se surgisse uma nova versão do MacBook Air. “Seria ótimo ter um portátil com a tela de 15” do MacBook Pro aliado a leveza do Air”, diz.

A verdadeira decisão que se espera é em relação ao Mac Pro. O poderoso desktop da Apple está há anos sem nenhuma mudança ou atualização. Lisandro acredita que as coisas podem mudar para melhor ou pior. “Eles podem anunciar alguma inovação ou podem simplesmente descontinuar a linha como fizeram com os servidores. Seria mais interessante ver alguma mudança no hardware ou ao menos na estética, pois o Mac Pro ainda é a powerhouse da Apple”, comenta.

Em relação ao iPhone 5, Lisandro acredita que os fãs podem esperar. A marca está investindo bastante na Siri. Ainda na versão beta, o aplicativo possui suporte apenas para inglês, alemão e francês, mas podemos esperar por várias outras línguas quando a versão completa for lançada.

Seguindo a onda dos softwares e sistemas operacionais, o Lion e a iOS devem receber atualizações, também. “Além das atualizações de segurança e correção, acredito que talvez seja a hora de um novo iWork. A versão mais atual é de 2009 e uma nova traria muitas novidades”, finaliza o técnico.

Facebook
LinkedIn
Instagram