[02/08/2011] Sete marcas apóiam retorno de Nestor Jr. às exposições

No dia 11 de agosto, o artista catarinense Nestor Jr. volta a expor no Brasil. O retorno será em Blumenau, cidade onde ele produziu a maior parte dos quadros que renderam repercussão internacional. E a noite no Espaço Mabeck será especial também por outro motivo: sete marcas regionais são apoiadoras do projeto.

Uniasselvi, Decanter, ViaFlor, Vasselai Incorporações, Fujiro Ecotêxtil, Copimagem e Blumenfeld apoiarão a exposição. “Estou orgulhoso em ter apoiando a exposição um time de empresas tão importantes e conceituadas. Acredito que o apoio delas a arte, seja ela qual for, engrandece ainda mais os resultados expressivos que ela conquistam, cada uma em sua área de atuação”, afirma o artista.

[01/08/2011] Vasselai lança o Residencial Barolo

Reconhecida por seus projetos arrojados e cheios de diferenciais, a Vasselai Incorporações entregou neste sábado, dia 30 de julho, o Residencial Barolo. São quatro andares e 16 apartamentos de dois quartos. Metade deles com suíte. Ao total, são 1.120 metros quadrados de área construída.

Osvaldo Segundo, um dos arquitetos responsáveis pelo projeto, comenta que as inspirações foram na arquitetura contemporânea. “Entre os destaques estão o espaço gourmet, o telhado verde e a área de convívio que se abre para o exterior do prédio”, explica. Já os móveis, segundo Osvaldo, foram definidos pelo conforto e pelo design. Entre os elementos estão o sofá freeform, cadeiras Bertoia (clique aqui para ler mais sobre o designer), uma mesa de demolição e bancos da Casa de Maria, além de uma obra do artista catarinense Nestor Jr.

O edifício fica na Rua Sargento Jones Arthur Senábio, no bairro Fortaleza, em Blumenau.

FICHA TÉCNICA
Construção e Incorporação: Vasselai Incorporações Ltda.
Projeto arquitetônico: Osvaldo Segundo, Aliessa Sabadin, Christian Krambeck, Daniela Pareja.
Projetos complementares: WMZ engenharia
Fotos: Fábio Jr.

 

[20/07/2011] De volta ao Brasil, de volta às exposições

A cidade onde foram criadas algumas das obras que deram ao artista catarinense Nestor Jr. a visibilidade que hoje têm seu trabalho será palco também do retorno às exposições. Depois de uma temporada de estudos na França, o artista acaba de retornar ao Brasil e dia 11 de agosto já inicia a agenda de exposições com mostra no Espaço Mabeck. As obras ficam expostas até 10 de setembro.

Logo depois, três capitais brasileiras receberão a exposição: será na Galeria Cor (Florianópolis), na Quina Galeria (Belo Horizonte) e na Galeria RV (Salvador).

A noite de abertura da exposição em Blumenau, no dia 11 que acontecerá as 20h, terá pocket show da cantora e compositora Teka Simon.

Sobre o artista
Nestor Jr. iniciou sua carreira artística em 2002, quando abandonou a fixação de criar imagens perfeitamente proporcionais (técnica que estudou como amador por quatro anos). Percebeu que seu conceito de beleza é diferente, que seu interesse maior está na beleza do corpo ordinário, fora de medidas e silhuetas padronizadas. Através de retratos desses corpos, por vezes estranhos ou até bizarros, o artista faz exalar a sensualidade natural de cada um.

Charles Steuck, que é artista visual, professor e produtor cultural, comenta que:

A vontade de classificar – e que vício bobo esse! – a produção de Nestor Jr. sempre falha. Se é ou não arte-nouveau-neoclássica-romântica com influências de Klimt e Egon Schiele, tanto faz. O seu trabalho é uma viagem… sinuosa. Embora haja um suporte e um traço-assinatura reconhecível em todo seu portfólio, cada um de seus desenhos e aquarelas nos leva para diálogos e paisagens das mais diversas, fugindo de um simples decorativismo, ou de uma arte meramente “comercial”. Nos seus retratos, modos de vida são socializados sobre papel, nos flertando constantemente para as infinitas e possíveis formas de relação entre pessoas e coisas. Os conceitos de beleza também são constantemente alvejados a nanquim, a exemplo as suas lindas e desejáveis mulheres gordas. Por isto, a proposta de Nestor é mais que contemporânea, pois dialoga com nosso tempo – embora a técnica seja milenar. É com a arte que podemos dar estes respiros na superfície. É com a arte que podemos superar a superfície.

Gregory Haertel, médico psiquiatra especialista em sexualidade humana e escritor, diz:

Nestor Jr., artista catarinense que residiu na França, tem conquistado o que poucos conseguem: o reconhecimento de um público que se apaixona por seus desenhos simultaneamente plácidos e eróticos, e os aplausos da crítica que se vê diante de um autor de voz singular, com pleno domínio técnico e de grande capacidade narrativa. Tal fato talvez se dê pela força de suas personagens que, sonho da humanidade, mesmo quando modeladas em posições impossíveis e aparentemente incômodas, conseguem permanecer serenas, leves e sensualmente confortáveis.

——————–
Veja esta notícia também em:

[23/05/2011] Nestor Jr. participa do projeto Enox Expressions

Uma das maiores empresas de mídia indoor do país realizará durante os próximos seis meses um projeto que vai levar 42 imagens de 40 artistas brasileiros para 20 cidades do país. As obras ficarão expostas nos melhores bares, restaurantes e academias do país. Um dos selecionados é o catarinense Nestor Jr.

O artista, que ainda está na França, diz ter ficado muito feliz com a participação. Para ele, é uma forma diferente e criativa de levar suas obras para cidades brasileiras que ainda não tiveram uma exposição das suas obras.

Para acessar a lista dos artistas e das obras selecionadas, clique aqui. A curadoria da seleção é da IDEAFIXA.

——————–
Veja esta notícia também em:

[26/04/2011] Quarteto de cordas para enforcamento será lançado esta semana

A noite do dia 29 de abril será especial para quem gosta da boa literatura blumenauense. Gregory Haertel – que teve uma grande repercussão da sua primeira obra, Aguardo, e é autor de diversas peças da Cia. Carona de Teatro – lança seu segundo livro. Dessa vez, são nove contos e uma novela escritos entre 2001 e 2005. O evento de lançamento terá também a abertura da exposição fotográfica e literária Escritos da Carne e começa às 20hrs, no porão da Fundação Cultural de Blumenau.

Quarteto de cordas para enforcamento será lançado pela Liquidificador Produtos Culturais e tem ilustrações do artista plástico Nestor Jr. e projeto gráfico de Leo Kufner. A publicação foi viabilizada pelo Fundo Municipal de Apoio à Cultura de Blumenau.

O autor comenta que pouca coisa foi alterada nos textos. “Poucas alterações gramaticais e de pontuação foram feitas na minha leitura para o lançamento deste livro e todas elas com o cuidado de preservar o que estava escrito. Esta não é, portanto, uma coletânea de contos, e, sim, um livro que esperou bastante para ser lançado.”, explica. Gregory diz que, durante a leitura para a finalização do livro, surpreendeu-se ao perceber o quanto o último texto “Ensaio para orquestra e coro de chuva”, prenunciava seu primeiro romance, Aguardo, que seria escrito anos depois.

Na orelha do livro, o escritor Viegas Fernandes da Costa escreve que “com sua linguagem crua e ousadia narrativa, Quarteto de cordas para enforcamento provoca e lacera; para além da moral, devolve-nos uma poesia capaz de incomodar”.

O diretor de teatro Pépe Sedrez, diz, no prefácio da obra: “Gregory deve divertir-se muito quando escreve. Quase posso adivinhá-lo escancarando um sorrisão que expõe dentes e malícia, ardiloso a brincar com (de)formação de frases, (des)construção de conceitos, (re)criação de valores e julgamentos”.

——————–
Veja esta notícia também em:

Facebook
LinkedIn
Instagram