Trapamédicos e Ponte ao Futuro lançam projeto beneficente

Entre o trabalho voluntário e aquele que realizamos nas empresas existem questões que se assemelham: engajamento, pertencimento, liderança e trabalho em equipe são algumas delas. E estes temas serão abordados no novo projeto que a ONG Trapamédicos acaba de lançar junto com a empresa de coaching, consultoria e treinamento, Ponte ao Futuro.

Os trabalhos que poderão ser contratados por organizações da região terão temas direcionados e adequados à necessidade de cada empresa. Nos encontros estarão expostas a experiência de liderança e desenvolvimento de equipes que os profissionais da Ponte ao Futuro e a que Trapamédicos têm e podem compartilhar com as empresas. Todo o investimento feito pelas empresas que contratarem este projeto será revertido para entidades beneficentes apoiadas pela Ponte ao Futuro e para os Trapamédicos. No caso da entidade, os recursos serão aplicados em ações como reforma de estruturas e aquisição de equipamentos para os hospitais que recebem o trabalho da equipe.

A primeira edição do projeto já está marcada. Será um treinamento que irá abordar temas ligados ao desenvolvimento humano e organizacional para as lideranças da rede de supermercados Galegão. Na ocasião, metade da receita será destinada aos Trapamédicos e a outra metade para a Casa de Apoio, instituição que desde 2003 atua no auxílio ao tratamento oncológico, paralisia cerebral, mielomeningocele e síndromes raras em crianças e também na assistência às suas famílias.

Fabiano Goldacker, da Ponte ao Futuro, diz que a novidade é direcionada a organizações de qualquer segmento. “A nossa parceria surgiu depois que os Trapamédicos e a Ponte ao Futuro realizaram um evento corporativo em conjunto. Foi aí que percebemos que poderíamos criar um produto que beneficiasse não só os Trapamédicos, mas também outras entidades da região. Assim, criamos esse projeto que prevê o desenvolvimento de pessoas de acordo com a necessidade de cada empresa. Além de preparar suas equipes, essas organizações ainda contribuem com entidades sérias e comprometidas da comunidade blumenauense”, explica.

Para Adriana da Costa, presidente dos Trapamédicos, essa será uma oportunidade também de difundir a missão do voluntariado. “Sempre digo que o engraçado do nosso trabalho é que ele é sério. Temos desafios, da mesma forma que encontramos no dia a dia profissional e a experiência dos voluntários vai contribuir para que as pessoas possam entender melhor este compromisso necessário em tudo o que fizemos. Além disso, é uma oportunidade de plantarmos a semente do engajamento na comunidade entre os participantes’, avalia.
Para contratar o projeto, as empresas podem entrar em contato com Fabiano no e-mail contato@ponteaofuturo.com.br ou com os Trapamédicos no eventoextra@trapamedicos.com.br.

Sobre os Trapamédicos
Doutores em besteirologia que buscam transformar a rotina de quem está em tratamento. É assim que trabalham os voluntários do Trapamédicos, organização sem fins lucrativos que há uma década atua em Blumenau (SC). Os palhaços de hospital levam semanalmente um clima de descontração para os pacientes que visitam e alertam: eles não querem fazer rir, mas deixar o dia a dia de quem passa por situações difíceis um pouco melhor e mais leve. Em 2013 o projeto ganhou uma vertical: o Trapapets, em que os cães dos voluntários são treinados para realizarem visitas a asilos e também à Ala Psiquiátrica do Hospital Santa Catarina.

Posts created 2286

Related Posts

Begin typing your search term above and press enter to search. Press ESC to cancel.

Back To Top