Três formas diferentes e fáceis de preparar café em casa

O aroma é inconfundível e agrada até mesmo quem não é muito chegado na bebida. Pode ser forte e encorpada, quente ou fria. Para começar o dia, acompanhar uma reunião, depois do almoço ou até mesmo para regar um encontro com conversa boa. A verdade é que o sabor marcante do café e a sua versatilidade fazem dele uma paixão nacional: é a segunda bebida mais consumida no Brasil, perdendo apenas para a água, segundo o Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé).

Para Patrícia Evers, sócia do Empório São Jorge, de Blumenau (SC), o produto se tornou essencial em todos os lugares. “É raro ir a algum estabelecimento comercial, consultório ou escritório e não ter café. Em casa também. Quando alguém chega, é uma das primeiras coisas que se oferece. Além disso, ele está presente nos mais diversos momentos do dia”, comenta.

A bebida tem diversas formas de preparo. Patrícia indica três utensílios ter em casa. Confira:

Moka: é um tipo de cafeteira italiana à pressão, que prepara o café por meio do vapor d’água. Bastante popular na Europa, ela possui diversos tamanhos, fazendo de uma até 18 xícaras de 50 ml por vez. Não é necessário o uso de filtro. No Empório São Jorge, é possível encontrar o item em cores diferentes e os valores variam de R$ 25,00 a R$ 65,00.

Prensa francesa: para utilizar este modelo de cafeteira, é necessário ter café moído um pouco mais grosso que o tradicional. “Após acrescentar a água quente e mexer, deixe a mistura infusionada por, no máximo, quatro minutos. Depois é só pressionar o êmbolo com delicadeza, separando a borra do café que será servido”, diz. Segundo Patrícia, a prensa é conhecida por fazer uma bebida mais encorpada e com sabor marcante. No Empório São Jorge o item custa de R$ 18,00 a R$ 65,00.

Coador de pano individual: tendência nas mais diversas cafeterias, este item alia charme e tradição. O coador de pano individual prepara o café já direto na xícara. “É também um objeto de decoração”, afirma Patrícia. Segundo ela, o modelo tem sido bastante procurado no Empório São Jorge. O valor é de R$ 12,00.

Independente da forma de preparo, o café também tem a função de trazer conforto. “Vai além de uma bebida. É um ritual que, muitas vezes, reúne as pessoas e traz bons momentos”, encerra.

Sobre o Empório São Jorge
Fundado há cinco anos, o Empório São Jorge é uma delicatessen especializada em produtos regionais. Bolachas, queijos embutidos, chocolates, cachaças e cervejas estão no portfólio da casa, que atende blumenauenses e turistas o ano inteiro, dentro do Parque Vila Germânica. De segunda a sábado, a casa funciona das 10h às 22h. Aos domingos, das 10h às 18h.