Melz Assessoria de imprensa

Vai construir ou reformar? Saiba quais os tipos de janela e porta são indicados para casa ambiente
24/03/2015

Aproveitar cada espaço da residência e fazer dos ambientes um lugar perfeito é o sonho de qualquer pessoa que está construindo ou adquirindo a casa própria. Tendência apontada por especialistas para o mercado imobiliário em 2015, a procura por casas e apartamentos pequenos e bem localizados reforça a necessidade de se otimizar espaços.

Michael Lochner, da Weiku do Brasil, explica que o tipo de abertura das janelas têm papel fundamental nesta questão. A empresa em que atua, especialista em perfis de PVC, produz peças somente sob medida, em diversos formatos, para garantir que as residências contem com maior aproveitamento de luminosidade e ventilação.

“Além de garantir um fechamento perfeito, o PVC pode ser moldado de acordo com o tipo de abertura e tamanho necessários sem perder a durabilidade. Isso faz do componente um apoio fundamental em obras com espaços planejados e que precisam de maior assertividade, sejam escritórios, apartamentos ou casas com metragens reduzidas”, explica.

Michael aponta os principais tipos de abertura e para quais situações são mais indicadas:

Janela/porta de correr: ideal para espaços com maior dimensão, como nos casos em que parte da parede é substituída pela janela ou porta, garantindo entrada total de luz natural, Devido a sua praticidade, também é utilizada em locais onde existem problemas para aberturas internas ou externas, pois não ocupam espaço. Sua vedação é feita através de escovas colocadas na sobreposição das folhas.

Janela/porta oscilo batente: esse modelo permite dupla abertura: tombar e abrir. É aplicado principalmente em locais que necessitam de ventilação limitada. Graças ao seu sistema de travamento multiponto, proporciona mais segurança ao ambiente. “Essa peça é indicada também quando há a necessidade de isolamento acústico, pois sua vedação é feita através de borrachas EPDM, que dificultam a passagem do som. Aplicada com vidros duplos oferece também ótimo desempenho térmico”, explica Michael.

Modelo maxim-ar: aqui a folha se projeta para fora da construção, garantindo assim ventilação total ou limitada (abertura de um ângulo de até 90°). É indicada quando não se deseja a abertura da janela para o interior do ambiente.

Janela/porta de giro: possibilidade de abertura interior ou exterior. Possui borrachas de vedação (EPDM) no marco e também na folha. Recomendado principalmente para isolamento termoacústico. “Como estas peças são reforçadas com espessas almas de aço galvanizado que garantem extrema rigidez, conforto, estanqueidade e segurança, são ideais para áreas externas e molhadas”, finaliza o gerente da Weiku.

Porta elevatória: o novo lançamento da Weiku traz o sistema de correr, que é ideal para espaços com grandes dimensões. A sua vedação é feita através através de escovas e de teflon (inéditos no mercado) que garantem um fechamento hermético. Além disso a porta elevatória conta também com grande maçaneta que possibilita a abertura e fechamento garantido assim uma ótima vedação.

Sobre a Weiku
Fundada em 1998 em Pomerode (SC), a Weiku do Brasil é especialista em janelas e portas de PVC e seus produtos oferecem vantagens como durabilidade, isolamento térmico e acústico, vedação e segurança, além do design.

Os produtos possuem 10 anos de garantia para os perfis de PVC e são fabricados sob medida, de acordo com as especificações de cada ambiente. Atualmente, a Weiku possui um parque fabril de 7 mil metros quadrados em Pomerode (SC), filial em Campinas (SP) e conta com uma equipe de 250 profissionais atuando nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste brasileiras.

Modelo de abertura de correr valoriza a entrada de luz natural e é ideal para grandes espaços. Imagem: Daniel Zimmermann

Modelo de abertura de correr valoriza a entrada de luz natural e é ideal para grandes espaços. Imagem: Daniel Zimmermann

Os modelos oscilo batentes permitem dois tipos de abertura: tombar e abrir. Imagem: Daniel Zimmermann

Os modelos oscilo batentes permitem dois tipos de abertura: tombar e abrir. Imagem: Daniel Zimmermann

No modelo maxim-ar, a folha se projeta para fora, com abertura de um ângulo de até 90º. Imagem: Daniel Zimmermann

No modelo maxim-ar, a folha se projeta para fora, com abertura de um ângulo de até 90º. Imagem: Daniel Zimmermann