Você sabia? Fibra extraída da madeira proporciona mais suavidade às roupas de cama

O tradicional algodão já tem companhia quando o assunto é uma matéria-prima que confere qualidade premium para a produção de itens de cama. E ela vem de um dos lugares mais improváveis: a madeira. Utilizada para dar mais maciez às texturas, a fibra ecológica extraída desse material passa por um intenso processo até chegar à composição ideal e é chamada de Tencel. Ela também é conhecida como liocel, e o toque suave é uma das principais características.Conforme Patrícia Higino, coordenadora de produto da Altenburg, empresa especializada em produtos de cama e banho, o Tencel é uma marca registrada e segue um processo rigoroso de homologação, que garante a qualidade das peças desenvolvidas com a substância. “As propriedades do tecido produzido com a fibra de celulose são inúmeras. Entre elas, a tenacidade. Além disso, é um tecido naturalmente antibacteriano. As fibras absorvem a umidade eficientemente, criando uma superfície menos propensa ao crescimento bacteriano”, explica.

Com rendimento até dez vezes maior que o algodão, os fios são autossustentáveis. “Eles possuem melhor aproveitamento de recursos, como a terra e a água, evitando degradação ao meio ambiente”, diz Patrícia. No site da Altenburg é possível conferir uma série de peças que trazem o Tencel na sua composição. Edredons, jogo de colcha, lençóis e toalhas estão disponíveis nas lojas físicas e online.

Sobre a Altenburg
Com mais de 1 milhão de pessoas consumindo travesseiros com a marca todos os meses a Altenburg é líder deste segmento no Brasil. A completa linha de cama e banho traz design inovador e conforto para os lares brasileiros. A empresa, fundada há 95 anos, atua com três parques fabris e mais de 1,6 mil funcionários.